terça-feira, 25 de junho de 2013

E. Chamar Negro de Moreno


                       (Como denominar o negro sem temer ofendê-lo?)
 Todo ser humano deve ser tratado com respeito e dignidade pelo simples fato de ser uma pessoa!
 O constrangimento em definir-se como tratar o "negro" de maneira honesta e clara, foi gerado por anos e anos de "uso pejorativo ou depreciativo" dos termos que se referem a ele.  É difícil chamá-lo de "negro" porque é dito: "neguinho, negona, negão" e por ai vai..., nos “bastidores”, com intenção depreciativa. E assim, quando se deseja ter um relacionamento aberto e cordial com um negro; não se pode  sentir à vontade no uso dos mesmos termos usados para depreciá-lo.
Na cultura brasileira, geralmente, não é necessário se referir a uma pessoa e acrescentar algum adjetivo para esclarecer que ela seja branca. Ex.: José Branquinho, Maria  Branca, Paulo Clarinho, Antônio Brancão..., etc. Já, em relação ao negro, sempre é necessário acrescentar alguma palavra para “ressaltar” sua cor - negro! Ex.: José Neguinho, Pedro Chocolate, Pretão, Maria Moreninha, Antônio Escurinho, Negão, Negona, etc. O nome da pessoa apenas e simplesmente não é, geralmente, usado porque: A COR NEGRA SE SOBREPÕE ÀQUILO QUE A PESSOA É. Acima de tudo, ou independente de qualquer coisa: ELA É NEGRA! E isto tem que estar claro para que não haja um mal entendido ou constrangimento. 

                                                        Situação Exemplo: 

       Certo homem tratava de alguns assuntos burocráticos de uma importante empresa nacional, por telefone, com uma "secretária" de determinado órgão público.  Por muito tempo, tiveram contatos apenas por telefone. Ele a considerava extremamente educada e eficiente. Não havia  problema que ela não fizesse o possível para resolvê-lo.  A confiança no profissionalismo entre ambos era recíproca! Até que: ele precisou comparecer ao local em que ela trabalhava. Ao ser conduzido à  presença da "jovem negra" disse imediatamente: "Eu sempre fui atendido por Fulana de Tal. E só aceito ser atendido por ela!" A jovem, sem entender o que estava acontecendo respondeu: "Mas, eu sou Fulana de Tal!..." (Neste caso, como o relacionamento anterior era  apenas por telefone e não houve "intermediário" para alertá-lo com acréscimo de adjetivos como: a secretária moreninha, escurinha. Ou ela é de cor, mas ...) Ele foi surpreendido com a situação.

Algumas expressões ou palavras usadas para se referir ao negro: 


1.     Ele é preto de alma branca!  (Alma tem cor?)

2.     Ela é preta, mas melhor que muitas brancas.

3.     Negão, negona, escurinho,

4.     “Moreno”,  “moreninha”( Moreno aqui significa negro).

5.      Ela é preta, mas é limpa.

6.      Prefiro mil vezes um preto do que    um branco como fulano.

7.      Só poderia ser negro.

8.      Ele fez serviço de preto.

9.      Macaco.

10.    Carvão

11.    Urubu

12.    Cabelo de arame ou de Bombril

13.    Beiçudo

14.    Saci

15.    Ele ou ela é de cor.  (Existe pessoa sem cor?)

Nenhum comentário:

Postar um comentário