sábado, 31 de agosto de 2013

Como nasce um neguinho



Nasceu um filho, muito esperado, é amado e cuidado!
Os pais escolheram o nome:
Luís, nome do avô, recordações, referências, muitas!
A mãe acrescentaria Augusto, o pai Gustavo, só por sonoridade.
Augusto ganhou!
Um bebê querido; para o pai, a cara do avô paterno.
Para a mãe, uma lembrança complexa, uma mistura de amores:
Primos, avô materno, um tio  que já não está entre nós...
A avó o chama de Principezinho!
Chega, guarda as sacolas, põe a casa em polvorosa:
Cadê o meu principezinho?”
Ele é doce, queridinho!  
Alegria do titio, da titia, do priminho!
Faz brincadeirinhas de bebê, é muito engraçadinho!
Fica de pé, aprende a andar, a explorar, quer conhecer...
Como todo bebezinho!
Num descuido dos adultos, abre a porta sai à rua;
Olha o mundo ao redor: ali, nasce o neguinho!

Nenhum comentário:

Postar um comentário